ESRaD – Perguntas mais frequentes

inscricoesonline

NOTA: Dadas as especificidades deste modelo, em que a situação de cada aluno tem de ser analisada individualmente, estas informações não dispensam uma consulta da legislação em vigor e de informações concretas que devem ser obtidas nos serviços do Agrupamento de Escolas de Mangualde

O que é o ESRAD? (Ensino Secundário Recorrente a Distância)
Em que escolas funciona esta modalidade de ensino?
A quem se destina o Ensino Secundário Recorrente a Distância?
Quais são as condições de acesso ao Ensino Secundário Recorrente a Distância?
O que é uma escola sede?
O que é uma escola de proximidade?
O aluno é obrigado a frequentar aulas de acordo com um horário?
Existe a modalidade de formação não presencial?
A que horas serão essas sessões de presença obrigatória?
Qual a carga horária semanal de presença obrigatória?
Em que anos me posso inscrever?
Sou obrigado a inscrever-me em todas as disciplinas?
Quais as disciplinas em que me posso inscrever?
A escola vai abrir turmas de todos os cursos?
Como se processa a avaliação?
Os Alunos que já frequentaram o ensino secundário podem frequentar o ensino recorrente a distância?
Como se processa a matrícula?
Qual a legislação fundamental?
O Ensino recorrente permite continuação de estudos para o ensino superior?
Os alunos dos cursos profissionais podem aceder a este sistema?
Um aluno que tenha obtido o 9º no através de um processo RVCC pode frequenta este sistema?
Caso o aluno não tenha o terceiro ciclo pode candidatar-se ao ESRaD?
Onde posso obter mais informações?

O que é o ESRAD? (Ensino Secundário Recorrente a Distância)

É uma alternativa para a conclusão do ensino secundário para todos os que não possam frequentar a escola presencialmente. Trata-se de um projeto-piloto que permite ao aluno fazer o ensino secundário, tendo um computador e acesso à Internet.
Voltar ao índice–»

 

Em que escolas funciona esta modalidade de ensino?

O Ministério da Educação indicou, como escolas sede do projeto, duas escolas a nível nacional: Escola Secundária Felismina Alcântara do Agrupamento de Escolas de Mangualde e a Escola Secundária de Camões, em Lisboa. No entanto, os alunos podem ser oriundos de todo o país e do estrangeiro.
Voltar ao índice–»

 

A quem se destina o Ensino Secundário Recorrente a Distância?

Esta modalidade destina-se a todos os jovens ou adultos que não completaram o ensino secundário. Pode também ser frequentada por jovens que, estando na escolaridade obrigatória e completado os 16 anos, pretendam frequentar um sistema modular, designadamente pelo facto de estarem inseridos no mercado de trabalho.
Voltar ao índice–»

 

Quais são as condições de acesso ao Ensino Secundário Recorrente a Distância?

Em termos gerais e desde que cumpra os requisitos referentes à idade podem frequentar todos os adultos e jovens que tenham completado o 3.º ciclo do ensino básico ou equivalente. Caso tenham frequentado o ensino secundário, com aprovação em algumas disciplinas, poderá ter equivalência às disciplinas concluídas e realizar as disciplinas em falta.

Especificando podem frequentar o Ensino Secundário Recorrente a Distância

  1. a) Adultos que não concluíram o ensino secundário e cujos planos de estudo estão extintos;
  2. b) Jovens adultos que tenham completado 20 anos até à data de início do ano escolar, que não tenham concluído o ensino secundário;
  3. c) Jovens adultos que estão fora da escolaridade obrigatória e que, embora possam ainda estudar no ensino regular, pretendam frequentar um sistema que lhes permita alguma flexibilidade horária, designadamente pelo facto de estarem inseridos no mercado de trabalho;
  4. d) Alunos maiores de 16 anos abrangidos pela escolaridade obrigatória de 18 anos, que pretendam frequentar um sistema que lhes permita alguma flexibilidade horária, designadamente pelo facto de estarem inseridos no mercado de trabalho;
  5. d) Adultos de nacionalidade Portuguesa que não concluíram o ensino secundário do sistema educativo português e que se encontram a residir fora de Portugal.

Voltar ao índice–»
 

O que é uma escola sede?

É a escola que assegura a organização, o funcionamento e a avaliação do ensino secundário recorrente a distância. É nesta escola que o aluno se deve inscrever. Nesta caso o Agrupamento de escolas de Mangualde
Voltar ao índice–»

 

O que é uma escola de proximidade?

Escola de proximidade é a última escola conde o candidato estudou ou uma escola pública próxima do local de trabalho ou de residência. O aluno poderá nessa escola de proximidade fazer provas finais e ter apoio administrativo.
Voltar ao índice–»

 

O aluno é obrigado a frequentar aulas de acordo com um horário?

Embora seja um sistema a distância o aluno terá de cumprir um horário com sessões chamadas “síncronas” em que está na sua turma, via internet, a assistir a aulas e a realizar trabalhos propostos. Outros tempos serão geridos pelo aluno de acordo com as suas disponibilidades.
Voltar ao índice–»

 

Existe a modalidade de formação não presencial?

Os alunos do ensino secundário recorrente a distância frequentam o regime presencial (embora via internet). Dessa forma a sua classificação é atribuída de cordo com um conjunto de critérios onde se inclui a realização de tarefas e a participação nas aulas, por exemplo. No final do módulo, têm de realizar uma prova que valerá uma percentagem que varia em torno dos 30 a 50% da classificação. No entanto, em determinadas situações, desde que cumpra a assiduidade mínima, os alunos realizam apenas exames de avaliação como se estivessem na modalidade não presencial. Nessa situação apenas conta a nota do exame.
Voltar ao índice–»

 

A que horas serão essas sessões de presença obrigatória?

As chamadas sessões síncronas serão lecionadas via Internet a partir das 19 h. Em média o aluno poderá ter de estar presente em dois tempos de 45m semanais por disciplina.
Voltar ao índice–»

 

Qual a carga horária semanal de presença obrigatória?

Depende do número de disciplinas. Por exemplo se estiver inscrito a Filosofia que tem uma carga semanal de 135 minutos (três tempos de 45m) terá de frequentar 2 tempos de 45 minutos online e disponibilizar mais 45m para trabalho individual ou em grupo mas horário flexível.
Voltar ao índice–»

 

Em que anos me posso inscrever?

No ano letivo de 2017-2018 deve inscrever-se no 10.º ou 11.º anos. Caso tenha frequentado o secundário só se pode inscrever se tiver disciplinas destes anos por fazer. Talvez venha a ser possível autorização para funcionarem turmas com disciplinas apenas do 12.º ano, pelo que se devem inscrever, para a possibilidade de autorização do funcionamento das mesmas. No próximo ano letivo teremos matrículas normais no 12.º ano.
Voltar ao índice–»

 

Sou obrigado a inscrever-me em todas as disciplinas?

O aluno pode inscrever-se nas disciplinas que deseja frequentar. Aliás, em alguns casos, faz sentido frequentar apenas algumas disciplinas, por questões de trabalho e de falta de disponibilidade.
Voltar ao índice–»

 

Quais as disciplinas em que me posso inscrever?

O ensino recorrente está organizado em módulos mas segue a estrutura normal do ensino diurno: O aluno deve consultar a lista de disciplinas e cursos. Vai inscrever-se de acordo com a matriz do curso Científico–Humanísticos  que pretende frequentar ( Ciências e TecnologiasCiências Socioeconómicas ou Línguas e Humanidades).
Ver matrizes dos vários cursos –»
Voltar ao índice–»

 

A escola vai abrir turmas de todos os cursos?

Neste ano de lançamento a escola tentará abrir turmas de acordo com as preferências na inscrição e a disponibilidade de meios técnicos e humanos.
Voltar ao índice–»

 

Como se processa a avaliação?

As disciplinas estão organizadas em módulos. Cada disciplina tem 3 módulos por ano. Assim, o aluno será avaliado em cada módulo de forma contínua de acordo com os trabalhos e atividades realizadas. Embora a avaliação seja continua, será complementada por um exame presencial em 3 momentos durante o ano. Essas provas decorrem na escola sede e nas escolas de proximidade.
Voltar ao índice–»

 

Os Alunos que já frequentaram o ensino secundário podem frequentar o ensino recorrente a distância?

Sim podem. Terão um processo de equivalências a disciplinas que já concluíram e frequentam as necessárias para completar o curso. Neste ano letivo terão de frequentar pelo menos uma disciplina do 10º ano.
Voltar ao índice–»

 

Como se processa a matrícula?

A inscrição é feita através da Internet a partir da página da escola sede. No nosso caso em http://escolasdemangualde.pt . Mais tarde, os alunos terão de comprovar as habilitações e concluir o processo burocrático de matrícula.
Voltar ao índice–»

 

Qual a legislação fundamental?

A modalidade ESRaD foi estabelecida pela  Portaria 245/2016
Voltar ao índice–»

 

O Ensino recorrente permite continuação de estudos para o ensino superior?

Sim, de acordo com a legislação normal do ensino recorrente. Nessa situação terão de fazer exames nacionais normais.
Voltar ao índice–»

 

Os alunos dos cursos profissionais podem aceder a este sistema?

Sim, tendo também um processo de equivalências ajustado ao curso que frequentaram.
Voltar ao índice–»

 

Um aluno que tenha obtido o 9º no através de um processo RVCC pode frequenta este sistema?

Sim. Têm habilitação equivalente ao 9º ano. Podem inscrever-se no 10º ano de um curso recorrente.
Voltar ao índice–»

 

Caso o aluno não tenha o terceiro ciclo pode candidatar-se ao ESRaD?

Sim, mas nos termos da lei geral terá de realizar uma avaliação diagnóstica para ser enquadrado.
Voltar ao índice–»

 

Onde posso obter mais informações?

Para mais informações, está disponível o email – info.recorrente@esfa.pt e o telefone 232 620 110, bem como o portal da escola – www.escolasdemangualde.pt.
Voltar ao índice–»

inscricoesonline